TI-RINHAS

Três quadrinhos incomodam, incomodam, incomodam muita gente…

Rosa ao Vento

with 16 comments


Série: Momentos Especiais / Episódio 96 – Rosa ao Vento.

[Obs.: se copiar, não altere a imagem ou o texto; coloque um ‘link’ ou ‘backlink’ para esta página.]

Anúncios

Written by robmaia

08/01/2010 às 14:50

16 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Ficou muito maneiro! É poesia visual. Belíssima obra de arte! Realmente é o caos, mas você conseguiu mostrar como a ordem pode existir mesmo dentro de uma cenário caótico.

    Abraços!

    Renan Barreto

    08/01/2010 at 14:59

    • Renan, muito obrigado por esse comentário. Tentei, sim, o caminho inverso. Reconstruir a flor que já havia se partido. Valeu mesmo, meu amigo. Seja bem-vindo. Abraços.

      robmaia

      08/01/2010 at 21:46

  2. Pura Poesia!!
    O Renan fechou o assunto 😉
    Tudo depende dos olhos (e do coração) de quem vê…
    Roberto, sem medo de errar, uma das imagens mais lindas que já vi.
    Parabéns por tamanha criatividade e sensibilidade.
    Essa vai pra galeria das especiais.

    Encantada,
    Serenissima

    Serenissima

    08/01/2010 at 15:40

  3. Maravilhoso, parabéns.

    joyce

    08/01/2010 at 16:14

  4. Que lindo Rob! Muito poético. Adorei!

    Beijos
    Luísa

    Luísa

    08/01/2010 at 17:05

  5. Muito bom, essa ficou uma flor.
    Abraço!

    derleit

    08/01/2010 at 17:32

  6. Olá, Roberto, tudo bem?
    além da poesia, você trouxe uma surpresa ! a gente espera o movimento contrário, como no título, a rosa está ali, então vem o vento e… epa! nada disto, que surpresa!!
    O que é bom, nem sempre é óbvio,não é?
    Acertou em cheio!
    Abraço, Vera.

    Eu, Mulher

    08/01/2010 at 18:49

  7. Rob… você já ouviu falar na frase: Há silêncios eloquentes, assim como palvras vãs!
    Pra você fica assim: Há imagens eloquentes, assim como palavras vãs!
    Você provou que com uma imagem é possível criar uma poesia maravilhosa!
    Lindo!
    Beijo no coração

    Valéria

    08/01/2010 at 19:26

    • Valéria,… fico feliz que tenha gostado. Venho tentando fazer algumas tirinhas não convencionais e, de preferência, com pouca ou nenhuma palavra (além do título, claro). Mas é um desafio: dizer alguma coisa,… em silêncio. Valeu mesmo, minha amiga. Muito obrigado. Beijo no coração.

      robmaia

      08/01/2010 at 21:45

  8. Sou um verdadeiro homem das cavernas e incapaz de entender!

    Renato Tarantelli

    08/01/2010 at 19:28

  9. Diz tudo sua postagem, Rob!

    Criativa, graciosa, realmente um lindo mimo poético essa tirinha. Parabéns! 😉

    Natureza

    08/01/2010 at 21:27

  10. Também adorei. Foi uma idéia poética e genial. Parabéns!

    Leila Franca

    08/01/2010 at 21:47

  11. Minha filha fazendo meu auto-retrato e vc fazendo rosas… que artistas!

    Sissym

    08/01/2010 at 22:57

  12. Good Article

    Buy Online

    18/04/2011 at 14:11

  13. Cool:)!

    goldfishka

    06/05/2011 at 01:22

  14. Good Article.

    Buy Online

    07/05/2011 at 00:26


Seu comentário é muito bem vindo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: