TI-RINHAS

Três quadrinhos incomodam, incomodam, incomodam muita gente…

Seis Coisas… Sobre RobMaia

with 31 comments


Série: Momentos Especiais / Episódio 157 – Seis Coisas… Sobre RobMaia.

[Obs.: se copiar, não altere a imagem ou o texto; coloque um ‘link’ ou ‘backlink’ para esta página.]

Written by robmaia

27/04/2010 às 16:43

31 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. SEIS COISAS QUE VOCÊ NÃO SABE SOBRE MIM!

    A amiga e escritora LEILA FRANCA [ http://leilafranca.blogspot.com/ ] me indicou para o ‘meme’, iniciado pelo amigo LISON [ http://lisononline.wordpress.com/ ], por meio do qual devo dizer seis coisas sobre mim. Então, priorizando acontecimentos que tenham algum mínimo humor, vamos aos fatos:

    1. Já fui vítima de estranhas coincidências – Quando criança, com seis ou sete anos, visitando a ilha de Paquetá (RJ), vi quando um adolescente jogou uma pedra, que partiu da praia, em direção ao trenzinho onde eu me encontrava. Pensei: ‘- Aquela pedra vai machucar alguém!’. O trem foi andando e eu olhando a pedra cruzar o ar;… o trem foi andando e eu olhando a pedra cruzar o ar. Até que – ‘pow’ – a pedra acertou, em cheio, a minha testa. Chorei pra caramba, cresceu um galo enorme no mesmo instante e, a partir dali, o passeio perdeu a graça. Demorou muito para eu querer voltar a Paquetá.

    2. A sorte anda a meu lado – Morando em Copacabana, a primeira vez em que minha mãe me permitiu ir sozinho à praia, eu tinha nove anos. E, nesse mesmo primeiro dia, desprezando a força da maré alta, eu me afoguei. Fui socorrido por banhistas. Levei uma bronca danada do salva-vidas. Voltei pra casa bastante acanhado. Mas, pra manter a liberdade conquistada, só contei isso pra alguém uns dez anos depois.

    3. Meu anjo da guarda é o ‘bicho’ – Em Brasília, morando numa casa, em cuja rua havia uma pequena floresta, eu tinha a mania de ver televisão deitado no tapete da sala, onde, não raramente, pegava no sono. Um dia, ao acordar, deparei-me com uma cobra, de cor escura, equilibrada apenas na ponta do rabo, olhando-me a poucos centímetros do meu rosto. Pulei assustado. Ela também. Eu corri para pegar algo que me permitisse matá-la. Ela correu para baixo do sofá. Após matá-la, mostrei-a a um vizinho que era do Corpo de Bombeiros. Tratava-se de uma jararaca.

    4. Já fui um tremendo sacana – Certa vez conheci uma garota numa boate. Achei que seria só aquela noite e, como eu tinha namorada na época, menti dizendo que meu nome era César. Porém, a coisa foi ficando boa e amanhecemos juntos. Ela me convidou para um churrasco em família. Achei que haveria pouca gente e aceitei o convite. Mas me enganei. Antes do meio-dia já havia sido apresentado, como César, para quase duzentas pessoas. Somente após dois meses de namoro é que contei a verdade pra garota. Ela ficou com vergonha de contar tudo pra família. Namoramos por quase dois anos. Passei esse tempo todo na maior ‘saia-justa’, sempre que estava em local onde poderia encontrar os amigos que sabiam meu nome real e as pessoas que, por meio desse namoro, conheciam-me por ‘César’.

    5. Já fracassei terrivelmente – Cursando ciências econômicas, tirei tantas notas dez seguidamente, que passei a ser tratado, pelos professores, de modo diferenciado: como se eu fosse uma espécie de gênio. Até que veio a disciplina ‘Econometria’. Talvez por soberba, não dei a devida importância à matéria. Reprovei três vezes. Não reconhecendo meu erro, fui reclamar com o professor, alegando que ele aplicava provas muito complicadas. Chamei o professor pra porrada. Mas, ignorando minha valentia, ele apenas disse, sem me olhar nos olhos: ‘– Se reprovou três vezes é porque não estuda o bastante para superar essa disciplina’. E, ironizando, ainda filosofou, enquanto me virava as costas e saía da sala: ‘– Faça as coisas sempre do mesmo jeito e obterá sempre os mesmos resultados!’. Por conta dos pré-requisitos, meu currículo praticamente travou. Fiquei desmoralizado. Ganhei uma dura lição de humildade, da qual jamais esqueci.

    6. Continuo sendo moleque – Ainda hoje, sempre que posso, apronto alguma. Não passo trotes telefônicos; mas não desperdiço ligações erradas. Um dia, estávamos eu e minha prima em casa, quando o telefone toca. Atendo e alguém se anuncia em tom imperativo: ‘– Aqui é o Coronel Ribeiro. Quero falar com o Coronel Siqueira’. Ele pensava ter ligado para um quartel. Com voz submissa pedi que aguardasse. Segurei um pouco o fone e, após uns segundos, disse: ‘– Desculpe, Coronel Ribeiro. O que vou lhe dizer são palavras do Coronel Siqueira:… e ele mandou o senhor se foder!’. Do outro lado, pra minha surpresa, uma imensa gargalhada. Depois, o Coronel disse: ‘– Ah, como o Siqueira é espirituoso! Faz o seguinte, soldado: volta lá e diz pra ele que o assunto é sério!’. Eu mesmo senti vontade de rir e encerrei a ligação. Minha prima me olhava assustada e eu expliquei: ‘– Não é todo dia que se pode sacanear um coronel, né!.

    7. Já foi revelada minha identidade secreta – Três pessoas do Dihitt me conhecem pessoalmente. São elas:… Opa! Aí já seriam sete coisas sobre mim.

    Bom, agora devo apresentar meus indicados para a continuidade da brincadeira. Caso algum dos relacionados já tenha sido indicado, desconsidere. São eles:

    a) DRÁUZIO MILAGRES [ http://drauziomilagres.blogspot.com/ ]

    b) LAURIETE [ http://cantoralauriete.blogspot.com/ ]

    c) MONIQUE MARTINS [ http://nickmartins.com.br/atualidades ]

    d) MICHELE FAGUNDES [ http://mireabilite.blogspot.com/ ]

    e) RITA COSTA [ http://almadepoesia2007.blogspot.com/ ]

    f) CATARINO [ http://www.blogdocatarino.com/ ]

    Um abraço a todos!

    robmaia

    27/04/2010 at 16:45

  2. hahahahaha…muito bom, amigo! Agora o episódio da cobra…uiiii…me arrepiou aqui!
    Grande abraço!

    Jackie Freitas

    27/04/2010 at 17:02

    • Eu ainda me divirto com a história do Zezinho. Um dia, alguém cismou que meu telefone era do Zezinho. Quase todos os dias uma mulher me ligava e falava: eu quero falar com o Zezinho. Eu explicava e tornava explicar que o celular era meu, que eu não conhecia o Zezinho, mas, nada fazia ela acreditar.
      De saco cheio, um dia falei pro meu filho, atende e diga que vc é o Zezinho. Ele atendeu e a mulher ficou encantada. Era sua irmã, fazia muitos anos que naõ via o zezinho e tinha conseguido o numero desse telefon e tal, e ainda contou como eu não deixava ela lhe falar.
      Então, desligamos e tudo bem. Mas, eu fiquei pensando… Puxa vida, minha família inteira tem procurado notícias do Ciro. E se essa mulher ficar na ilusão de que reencontrou o irmão…
      Bateu remorso! Eu pedi ao Pedro que retornasse a ligação e explicasse que o cel não era mesmo do Zezinho que ele tinha falado com ela para ficar livre da insistencia e tal.
      A mulher ficou grata e então meu filho saiu com essa:
      – Olha, Maria, então fica assim, se voce conseguir falar com o Zezinho, manda um abração pra ele e pede pra ele me ligar também ,viu?

      Xenia da Matta

      27/04/2010 at 21:48

  3. Rob,

    Muito bom te conhecer um pouco mais.

    Parabéns pela escolha dos amigos.

    valeu amigo.

    abraço!

    thales

    27/04/2010 at 17:03

  4. Cesar, puxa vida, como garoto vc era bastante cool, mas depois… que pestinha! Eu tambem gosto de “retribuir telefonemas errados”, e como morei em casa, perto de rio, imagina só o que apareciam!!! Eu vivia levando minha contribuição para aulas de ciencia: potes com animais peçonhentos em formol para horror dos amiguinhos que me consideravam selvagem. Fazer o que?!

    Sissym

    27/04/2010 at 17:19

  5. Olá querido amigo Cesar… ops… Rob,

    Adorei conhecer um pouco de sua vida.
    A paz do Senhor esteja sempre com você.
    Carinhoso e fraterno abraço,
    Lilian

    Lilian

    27/04/2010 at 18:12

  6. KKKKKKKKK. Cara essa sacaneada no Coronel foi demais, a pedrada no trem, mas que soncera e a estória do César que saia justa mesmo hem?
    valeu pela história de vida, ri pacas!!!
    abraços, MARIVAN

    marivan

    27/04/2010 at 18:35

    • Marivan,… a verdade, agora explícita por meio desse meme, é que todos nós, chamados de ‘cidadãos comuns’, temos histórias muito interessantes. Todos nós, sem exceção. Valeu mesmo, meu amigo. Muito obrigado. Abraços.

      robmaia

      27/04/2010 at 21:49

  7. Amigo César, fiquei com uma vontade danada de receber uma chamada telefónica do primeiro ministro, por engano! ahahahhaha

    César, querido, acho que és mesmo sortudo e aprontaste à brava! Essa da jararaca… deixou-me baralhada. E eu a pensar que jararaca era uma pessoa pedante, afinal é uma cobra! eheheheh

    Beijinhos, adorei conhecer as tuas malandrices!
    Luísa

    Luísa L.

    27/04/2010 at 18:37

    • Luísa,… fique atenta: coloque um bina (caso já não haja um em seu telefone fixo). Deixe sempre a pessoa que liga falar primeiro. Você vai ver que as chances de você brincar aumentarão muito. Quanto à jararaca, é uma cobra com veneno poderoso. Mas há muito que existe soro contra essa peçonha. Valeu mesmo, minha amiga. Muito obrigado. Beijinhos.

      robmaia

      27/04/2010 at 21:48

  8. Nossa hem!

    Que baita revelação meu amigo!😉

    Adorei cada uma delas, sempre quis conhecer mais um cadinho desse seu lado apronteiro.

    Parabéns pela postagem e obrigada pela lembrança.

    Abraços

    natureza

    27/04/2010 at 18:41

  9. Muito legal conhecer um pokinho do Rob, eu tbm morro de curiosidade de saber quem será Rob Maia, q sem demagogia alguma, sou fã!!!
    Sucesso sempre, vc merece!!!
    E uma ótima semana!

    Gabi

    27/04/2010 at 18:41

  10. Hahaha agora o nome César pegou novamente!

    Vivendo, conhecendo as pessoas e aprendendo.

    Falou Césão! abraço!

    Wellington V. Santos

    27/04/2010 at 19:00

  11. […] This post was mentioned on Twitter by Roberto Maia, Roberto Maia. Roberto Maia said: Seis Coisas… Sobre RobMaia – https://thirinhas.wordpress.com/2010/04/27/seis-coisas-sobre-robmaia/ http://twitpic.com/1ixjo2 […]

  12. gostei muito de saber mais sobre vc,a paz

    ismaelita

    27/04/2010 at 21:26

  13. Nossa, que história hein?? kkk Fiquei imaginando as cenas, a pedrada na testa, a saia justa com a namorada… Etc, deve ter muito mais pra contar!!! rs

    Vanda

    27/04/2010 at 22:03

  14. Rob… incrível como esta post é todinho você!
    Muito legal te conhecer um pouquinho….
    Beijo no coração

    Valéria

    27/04/2010 at 22:21

  15. Oi Rob,

    adorei a tirinha! Pensei que ia terminar ali e nos comentários viriam apenas suas indicações, mas quando vi que vc escreveu gostei demais!!!

    Esse negócio do nome me lembrou 2 casos. Um que cismaram que meu nome era Fátima na faculdade, eu não falei, mas um colega me chamou de Fátima, outro ouviu e daqui a pouco já tinha um grupo me chamando assim. Eu fiquei com vergonha de falar que não era, mas depois de alguns dias falei…kkkkkkkk

    Um colega meu também foi responder a chamada pra outro que tinha faltado. O professor não olhava pra ninguém enquanto fazia chamada, mas nesse dia quando meu amigo respondeu pelo outro, o professor olhou pra cara dele. Aí, quando chegou a vez do nome mesmo dele, ele não pôde responder. Ele acabou levando falta e o colega que faltou ganhou a presença. Mas o professor marcou a cara dele… então toda aula ele tinha que dar presença pro outro e não falar nada na hora do nome dele mesmo…kkkkkkk O outro só se aproveitando, não ia mais a aula…rsrsrs Até que quando ele estava perto de ser reprovado por falta ele chamou o professor e disse: É tudo mentira…kkkkkk

    Eu também não tive uma boa experiência com Paquetá… pensei que a barca fosse afundar de tanta gente. Só fui lá uma vez.

    Rob adorei suas histórias e a tirinha ficou D+!

    bjs

    Leila Franca

    27/04/2010 at 22:28

  16. Grande Rob
    Me fez viajar no tempo, lendo as seis coisassobre você.
    Fostes um ótimo aluno de ciências. Parabéns!
    A do Zezinho foi demais>
    Privilegiados são os sete que te conhece m pessoalmente
    Abraços e muito sucesso!

    J Aparecido

    27/04/2010 at 23:27

  17. Oi amigo Rob,muito bacana e engraçada a sua história!
    Mas bem que vc poderia mostrar a sua foto para matar a minha curiosidade hein?Não seja ruim vai?Rsrsrs………

    Parabéns pelos escolhidos!

    Beijosssss…….

    ThataLyScal

    28/04/2010 at 00:13

  18. Legal, amigo Roberto Maia,
    à gene sempre têm alguma coisa pra revelar…mais aquele episódio em que foi salvo pelos bannhistas foi mesmo constrangedor, correto?! …O legal é a forma descontraida que revela isto para nós!!!

    …Muito legal sua tirinha….rsrrsrsrsrsrsr!!!

    Até…

    Edson Palma

    28/04/2010 at 02:08

  19. Caro Roberto Maia,

    Um das coisas que você não contou foi como surgiu essa vocação maravilhosa de cartunista de mão cheia. Suas tirinhas são inteligentes tiradas ou sacadas do nosso cotidiano e de fatos que não podem passar despercebidos. Você era um dos meus indicados. Não tenho muitos leitores do meu blog..rsrs!

    Continue assim, com a sua licença, um “sacana” do bem!

    Forte abraço, Herval

    Herval

    28/04/2010 at 02:11

  20. Adorei.
    è muito legal conhecer um pouco mais dos colegas .
    ha eu tb adoro pegar ligaçoes enganadas e dar uma sacaneada . Mas depois eu desfaço o mal entendido , porque fico com pena …

    Francisco

    28/04/2010 at 09:11

  21. As 6 “coisas” sobre vc Rob,nas duas versões,são hilárias…
    Gostei de ver e saber que é o mesmo cara sempre,não importa se no estúdio,bolando idéias ou nas ruas,embolando pessoas e se enrolando todo…rSrsRs srs! Um abraço.

    rr3075ss

    28/04/2010 at 12:55

  22. Sua história ficou muito boa e engraçada. Eu sou formado em economia e lembro que econometria era mesmo o bicho papão dos alunos.
    Agradeço por ter me indicado.

    Catarino

    28/04/2010 at 23:11

  23. …vivendo perigosamente ,
    Rob !! Cara, aqui tem material para várias tirinhas sensacionais , já pensou nisso ?!
    Muito bacana heheh !
    abs
    Eninha

    Eninha

    28/04/2010 at 23:55

  24. Olá Roberto,

    Que descobertas hein?

    Eu tive uma professora de Analise Microeconômica I e II que tinha feita mestrado em Econometria, eu solicitei e ela me deu cópia da sua Tese, obtendo grau A. Interessante né?

    Só que eu não segui este caminho, preferia algo mais interessante com Gestão de Pessoas.

    Abraço

    Geraldo

    29/04/2010 at 11:21

  25. Olá amigo Rob!
    Foi muito bacana ler e conhecer um pouco mais do amigo.
    Forte abraço, Fernandez.

    Fernandez

    29/04/2010 at 13:44

  26. Oi César,.. ops, quero dizer, Rob, adorei suas histórias.

    A da cobra então. Karaka, uma jararaca é muito venenosa.!!!

    A frase do seu professor – Faça as coisas sempre do mesmo jeito e obterá sempre os mesmos resultados!’ – foi muito legal.

    Ta faltando o 6 item sim, não adianta colocar 7 lá não, viu? A 1 a a 2 tratam da infancia, portanto… troca lá a numeração e complete o item, viu?

    Tou na maior curiosidade… kakaka

    Bjs

    Valéria

    Valéria

    30/04/2010 at 16:06

    • Oi, Valéria,… fico feliz que tenha gostado. Esse ‘meme’, de fato, foi muito interessante. Todos falaram de si e permitiu que nos conhecêssemos um pouco mais, uns aos outros. Valeu mesmo. Muito obrigado. Beijos.

      robmaia

      30/04/2010 at 17:15

  27. RobMaia,

    Você é tão celebrity quanto as suas tirinhas.
    Quanto ao telefonema do coronel foi demais.

    Qualquer dia desses descobriremos sua identidade. Você não resistirá ao convite para um encontro de celebridades do diHitt e terá que revelar o seu lado Clark Kent ou Zorro… kkkkkkkkkk você decide.

    Conheceremos o super-homem ou o Dom Alejandro. César não adianta, pois já sabemos que é seu nome artístico.
    Você poderia trabalhar na Globo. Dois anos se passando como César, amigo, nem Tarcício Meira conseguiria.

    Muito bom conhecer estas seis coisas sobre você. Lembranças ao coronel Ribeiro e mande-o à Receita Federal. Será a mesma coisa.

    Abraço do amigo,

    Antonio

    Antonio Regly

    30/04/2010 at 21:10


Seu comentário é muito bem vindo:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: